03 / 09

notícias

CORTICEIRA AMORIM é case study em Fórum Europeu de construção sustentável

A CORTICEIRA AMORIM foi convidada pela Comissão Europeia a participar no “12º European Forum on Eco-innovation - Scaling-up Sustainable Construction through Value Chain Innovation”, em Amesterdão, como case studie no âmbito da construção sustentável. A empresa participará no primeiro dia da iniciativa, que decorre entre 25 e 26 de Abril.

A CORTICEIRA AMORIM irá expor as vantagens integradas do uso da cortiça na construção e reabilitação de edifícios, tanto a nível ambiental como sócio-económico e de desempenho. Serão também dadas a conhecer algumas das soluções sustentáveis de cortiça para a construção, como o aglomerado expandido de cortiça MDFachada, os subpavimentos AcoustiCORK e os revestimentos Wicanders, e apresentada a cadeia de produção da empresa, desenvolvida de forma a não gerar desperdício.

Marcel Kies, o representante da CORTICEIRA AMORIM neste fórum, assinala a importância da participação: “Iniciativas como esta são fundamentais para sensibilizar o sector da construção e decisores políticos para a necessidade de olhar para a sustentabilidade como um factor de competitividade. O convite para apresentarmos o nosso caso num evento desta dimensão é por si só um reconhecimento externo do enorme potencial da cortiça para as áreas da construção e da decoração de interiores. Recorde-se que a cortiça é o único material que consegue associar um excelente desempenho, mais concretamente ao nível do isolamento térmico e acústico, elevada resistência ao desgaste, apoio antivibrático e versatilidade visual e de aplicação, com um total respeito pelo ambiente durante todo o processo de produção, desde o momento da extracção até à reciclagem, no fim de vida do produto. ”

O “European Forum on Eco-innovation” é promovido anualmente pela Comissão Europeia com o objectivo de produzir recomendações que afectem políticas de Eco-Inovação, contando com a participação de decisores políticos, especialistas mundialmente reconhecidos e empresas do sector em destaque em cada edição.

Este ano, sob o tema da construção sustentável, serão debatidas medidas que contribuam simultaneamente para o fomento da sustentabilidade em toda a cadeia de valor e para a competitividade das empresas. A construção é, actualmente, o maior consumidor de matéria-prima na Europa, gerando cerca de 33% do total de desperdício, por ano. Na CORTICEIRA AMORIM, esta área representa actualmente cerca de um terço da actividade da Empresa.

A cortiça e a construção

A cortiça é uma matéria-prima endógena 100% natural, renovável e reciclável, extraída sem prejuízo para o sobreiro. A sua produção resulta na valorização do montado de sobro, que por sua vez desempenha um papel determinante na preservação da biodiversidade, na retenção de CO2 e no combate aos incêndios e à desertificação. A produção de cortiça em Portugal e em toda a bacia ocidental do Mediterrâneo é ainda uma actividade sustentável na sua tripla acepção: ambiental, social e económica.

Ao nível da construção, associa a ecoeficiência a um excelente desempenho e uma grande diversidade de aplicações, tanto a nível infraestrutural (isolamentos, juntas de expansão) como estético (revestimentos de chão e paredes de diversos aspectos visuais), com todas as vantagens associadas à cortiça. No final de2010, os pavimentos de cortiça da Wicanders® foram seleccionados para a emblemática Sagrada Família de Gaudi’s, em Barcelona, uma escolha que se seguiu à utilização de cortiça no Pavilhão de Portugal da Expo Xangai, como o elemento marcante da estética do edifício.

A CORTICEIRA AMORIM tem três Unidades de Negócios (Isolamentos, Revestimentos e Aglomerados Compósitos) a operar no segmento da construção, tendo em 2011 lançado o BCORK – www.bcork.amorim.com, o mais completo site de soluções sustentáveis de cortiça para a construção, com informação técnica sobre os produtos e aplicações de cortiça.